Resenhas

Kindred: laços de sangue | Octavia E. Butler

kindred
kindred
Octavia E. Butler

Dana e Kevin são um casal inter-racial com uma vida comum na Califórnia na década de 1970. Ambos estão iniciando a carreira de escritores e recém mudados para um apartamento novo, quando de repente Dana sente uma vertigem que à leva para um outro lugar.

Um garotinho está se afogando em um rio e Dana entra na água para tentar resgatá-lo. Quando retorna a superfície é surpreendida pela mãe do garoto acusando-a de tentar matar seu filho.

Dana sente-se ameaçada e com medo. Tudo começa a girar e então ela está em casa novamente sem entender como tudo aquilo aconteceu.

A princípio ela não faz ideia do que está acontecendo nem quem são aquelas pessoas, até que tudo começa a girar novamente e ela não está mais em casa.

Dana viaja no tempo até o século XIX e se depara com um cenário de escravidão e pré-Guerra Civil em uma fazenda em Maryland. Ela terá que enfrentar uma realidade que nunca imaginou da forma mais dura e cruel possível para tentar descobrir tudo sobre seus antepassados e qual a sua ligação com aquele lugar.

Opinião

Kindred foi meu primeiro contato com a escrita da Octavia E. Butler e posso confirmar com todas as letras que essa mulher faz jus ao nome de dama da ficção científica. Uma narrativa surpreendente sobre escravidão e viagem no tempo.

Octavia não mediu esforços para impactar o leitor e causando um verdadeiro incomodo a cada página lida. No entanto, não pense que esse sentimento torne o livro ruim, pelo contrário, o sentimento é apenas por não estar preparado para a realidade e sofrimento daquela época.

Uma obra incrível e necessária que se tornou uma das leituras favoritas de 2020.

“Comecei a escrever sobre poder porque era algo que eu tinha muito pouco”

Ficha Técnica
Título: Kindred: Laços de sangue
Autora: Octavia E. Butler
Tradutor: Carolina Caires Coelho
Gênero: Ficção científica
Editora: Morro Branco
Páginas: 432

Flaviane Vilar

Me chamo Flaviane Vilar, tenho 30 anos e sou de Juazeiro do Norte – CE. Criei o Façanhas Literárias em 2019 e é através desse espaço que compartilho as coisas que mais amo.

Artigos recomendados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.