Resenhas

Uma mulher no escuro | Raphael Montes

mulher
mulher

Piscamos e já estamos em 2020.

Comecei o ano sedenta para ler um thriller que me tirasse o folego e tivesse uma trama bem eletrizante. Uma mulher no escuro já estava na minha lista de leitura desde o ano passado, então resolvi iniciar as leituras de 2020 com ela.

Uma mulher no escuro conta a história da Victoria Bravo, que aos quatro anos de idade presenciou uma cena extremamente aterrorizante, quando viu sua família ser brutalmente assassinada. Vinte anos se passaram e Victoria tenta levar uma vida normal e tranquila mesmo com todos os traumas sofridos na infância que à assombram até hoje.

Tudo parecei andar muito bem, trabalhando e frequentando a terapia assiduamente, fazendo novas amizades, até que ao chegar em seu apartamento, Victoria se depara com uma pichação na parede do seu quarto (característica que o assassino da sua família possuía), VAMOS BRINCAR?

O passado veio como uma avalanche na mente de Victoria, e toda sua estrutura é abalada quando ela descobre que o assassino não está mais preso. Qual o motivo dele querer aterroriza-la depois de todo esse tempo?

Preciso dizer que a missão foi cumprida, pois esse livro e tudo e muito mais do que eu estava esperando. Uma trama extremamente bem desenvolvida, com personagens muito bem construídos, ambientada no Rio de Janeiro, o que faz a gente perceber o quanto a fotografia foi bem trabalhada. O tipo de leitura que te pega no prólogo e você só consegue largar quando o livro acaba. Uma característica super presente na escrita do Raphael, é que ele sempre deixa um mistério ao final de cada capítulo, e esse é sem dúvida um ponto super positivo, pois instiga ainda mais a curiosidade do leitor.

Bienal do Rio 2019

Ficha Técnica 
Título: Uma mulher no escuro
Autora: Raphael Montes
Gênero: Thriller psicológico
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 256

Flaviane Vilar

Me chamo Flaviane Vilar, tenho 30 anos e sou de Juazeiro do Norte – CE. Criei o Façanhas Literárias em 2019 e é através desse espaço que compartilho as coisas que mais amo.

Artigos recomendados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.